Teatro da Presença Social (Social Presencing Theater)

O que é o Teatro da Presença Social (TPS)?

Baseado nas artes e nas tradições contemplativas, o Teatro da Presença Social é um dos métodos mais importantes e efetivos que já foram desenvolvidos pelo Presencing Institute. Componente do processo U, possibilita que grupos, organizações e sistemas movam-se em direção a uma situação mais saudável. O Teatro da Presença Social é uma forma de arte social emergente e uma nova tecnologia social que explora o potencial criativo da Teoria U e da presença (‘presencing’) e encarna fisicamente a jornada do U. Não se trata de um teatro no sentido convencional. A palavra teatro vem do grego ‘thea’ que significa ‘o ato de ver’. No sentido original, teatro pode ser definido como um ‘lugar para tornar público ou divulgar ações e eventos significativos’. Assim, o Teatro da Presença Social emerge a partir da comunidade permitindo que esta comunidade se perceba coletivamente e proclame o seu futuro emergente. Ele utiliza posturas corporais e movimentos simples para dissolver conceitos limitantes, para comunicar diretamente, para acessar a intuição e tornar visível a realidade atual e os estados mais profundos em um sistema, frequentemente invisíveis, e também os pontos de alavancagem para criar mudanças profundas. O Teatro da Presença Social pode ser praticado por indivíduos, grupos, organizações e sistemas sociais mais amplos e traz para os trabalhos de mudança social, organizacional e individual um aprendizado vivencial, baseado no corpo. Rapidamente ele gera informação sobre padrões e relacionamentos que estão ‘travados’ em um sistema e oferece meios para sentir e prototipar futuros emergentes que promovam o bem-estar de todas as partes interessadas.

Atividades

Teatro da Presença Social - módulo 1

O Teatro da Presença Social (Social Presencing Theater) é uma forma de arte contemplativa voltada à transformação social. Nasceu do encontro entre a arte inspirada e engajada de Arawana Hayashi, professora sênior da linhagem de Shambhala, com a teoria e o processo de inovação estruturados pelo professor Otto Scharmer, MIT.

Presença Social diz respeito à consciência coletiva que possibilita que a sabedoria do grupo emerja. A raiz grega thea refere-se ao local onde a comunidade pode expressar suas questões profundas, tornando visíveis suas relações e seus padrões internos. A partir da percepção compartilhada, a comunidade pode mover-se rumo ao seu melhor potencial.

Programa Básico

“Como podemos, como indivíduos e como grupos e sistemas sociais, desenvolver a habilidade de deixar ir as estruturas conceituais e confiar mais em nossa experiência direta?” Arawana Hayashi

 O Módulo 1 corresponde a um momento de contato inicial com o teatro da presença social e ao início do caminho de formação nesse método. Ele é prioritariamente vivencial, para que essa metodologia seja primeiro sentida e entendida pelo corpo. São vivenciadas cinco das oito práticas que compõem o seu conjunto de ferramentas.

 Até o momento foram realizadas oito edições do módulo 1 no formato workshop e as próximas duas turmas acontecerão como uma versão extensiva do workshop. Serão 6 encontros que permitirão um ritmo para tecer a vivência do método com a sua integração no dia a dia.

Como acontece

 Práticas individuais e coletivas de atenção plena ancorada no corpo (’presença corporificada’) tornam visíveis as relações que, geralmente, não são percebidas entre o corpo individual e o corpo social coletivo. Utilizando técnicas essencialmente não verbais, os praticantes são capazes de acessar novos ‘insights’, prototipar caminhos criativos para a transformação e desenvolver habilidades para exercer uma liderança compassiva e efetiva nos sistemas e comunidades em que atuam.

O participante pode esperar:

  • ampliar o conhecimento de si, de seu corpo-mente, de sua linguagem e vocabulário corporal;
  • ampliar a percepção individual, do coletivo e no coletivo (corpo individual e corpo social);
  • permitir sentir o que se sente (sem julgar a sensação) e simplesmente sentir (sem precisar criar significado ou entender imediatamente o que se sente);
  • abrir-se para acessar a fonte de onde emergem os gestos;
  • integrar as  inteligências do corpo, da mente e das emoções em temas pessoais e coletivos;
  • ampliar o sentido de conexão e interdependência;
  • vivenciar o método.

Quando

Duas turmas, com 4 encontros semanais em agosto e 2 encontros em setembro, permitindo a integração do teatro da presença social na vida cotidiana.

Turma 1 – 4as feiras das 19 às 22:00                                                                                                                                                                                                  Datas: 02, 09, 16 e 30 de agosto, 13 e 20 de setembro.

Turma 2 – 6as feiras das 16 às 19:00.
Datas: 04, 11, 18 e 25 de agosto, 15 e 22 de setembro.

Participantes                                                                                                                                                                                                                                                   5 a 8 por turma

Investimento                                                                                                                                                                                                                                              R$ 480,00: R$ 450,00 à vista (na inscrição) ou 3x R$ 160,00 (inscrição, agosto, setembro)

Onde                                                                                                                                                                                                                                                              Centro Shambhala de São Paulo, rua José Antonio Coelho 460, Vila Mariana, São Paulo

Facilitadora

Daniela Ferraz – professora autorizada do teatro da presença social (SPT Teaching Team coordenado por Arawana Hayashi), formada pelo Presencing Institute nos Fundamentos da Teoria U e no Social Presencing Theater (SPT Advanced Program). Facilita processos de inovação social desde 2008. Experiente no uso de abordagens que integram os aspectos cognitivos, afetivos, físicos e sociais nos processos.

Inscrição: daniela@movimentoverdadeiro.com.br

Realização: MOvimentoVErdadeiro www.movimentoverdadeiro.com.br

Apoio: Centro Shambhala de São Paulo shambhala-brasil.org/

4D Social Lab – edição: diversidade nas organizações

vivenciando o teatro da presença social

19 de Julho // Casa Maitrî

com Daniela Ferraz e Max Nolan Shen

Os desafios mais prementes da humanidade cada vez mais demandam uma visão sistêmica e uma busca por soluções integrais e que abracem a complexidade. Neste contexto, precisamos encontrar novas soluções que despertem a inteligência coletiva, abram espaço para o sentir e possam mostrar as interdependências das relações. Soluções que valorizem a potência dos seus elementos e amplifiquem seus efeitos positivos.

No 4D Social Lab iremos aplicar práticas do teatro da presença social, uma metodologia criada por Arawana Hayashi no Presencing Institute e MIT. O teatro da presença social é uma forma de arte social emergente e uma nova tecnologia social que explora o potencial criativo da Teoria U e da presença (‘presencing’) e encarna fisicamente a jornada do U.

Como funciona:

Encontros mensais para experimentar um sistema social de maneira inovadora e vivencial, sentindo e criando sentido coletivamente. ‘O sistema percebendo-se a si mesmo como um sistema’ (Peter Senge). Posturas corporais constroem uma escultura coletiva que move-se, de maneira simples e intuitiva, a partir do conjunto de relações que representa a realidade atual até cristalizar o futuro emergente do sistema. A partir da vivência, o registro das informações que se tornaram visíveis e a reflexão sobre o sentido coletivo da experiência. Colheita de sementes para prototipar futuros emergentes.

O tema desta 1a edição: Diversidade nas Organizações

Estamos vivendo um momento de grande pressão social e transformações culturais em prol de um maior respeito e aceitação à diversidade. As diferentes formas de diversidade estão em pauta, não importa se estamos tratando de diversidade de raça, gênero, idade, etnia ou sexual. As organizações estão começando a tratar deste assunto. Algumas marcas começam a levantar bandeiras sobre a diversidade com o objetivo de conectar a causa com o seu público. Porém, vemos que o desafio ainda está em incorporar a diversidade do lado de dentro das organizações, no próprio corpo de funcionários e colaboradores. A diversidade do lado de dentro ainda parece enfrentar uma série de barreiras comportamentais e culturais para sua implementação. É difícil incorporar e lidar com o novo e o diferente. Nesta sessão, iremos nos debruçar sobre este tema, buscando pistas no sentir e na inteligência coletiva despertada pelo teatro da presença social. Venha participar conosco em busca de soluções emergentes no sistema para esta questão tão fundamental em nossa sociedade atual.

A quem se destina:
líderes colaborativos, change makers, stakeholders do sistema, cidadãos, gestores, ativistas, influenciadores e pessoas interessadas em aprofundar a prática da Teoria U ou no tema do encontro.

Informações:
apenas 15 vagas
Data: 19 de Julho das 19 às 22 hs
Local: Casa Maitrî
Av. Diógenes Ribeiro de Lima, 649 – Alto da Lapa

Valor
R$ 120 reais (2x 60,00 ou 114,00 à vista)

Inscrição
entre em contato por email: daniela@movimentoverdadeiro.com.br
prazo de inscrição: 17 de Julho

Daniela Ferraz:

Facilitadora integral e designer de processos sociais transformadores que utilizam a Teoria U como base conceitual e arquitetura dos processos. Formada pelo Presencing Institute nos Fundamentos da Teoria U (2013) e no Social Presencing Theater-SPT Advanced Program (2013/2014), é parte do SPT Teaching Team. Facilitou diversos ‘hubs’ para o acompanhamento do ulab (‘massive open online course’ sobre a Teoria U) nas suas 3 edições, ensina o programa básico do Teatro da Presença Social no Brasil e na América Latina e, desde 2010, desenha e facilita laboratórios sociais e outros tipos de intervenções em sistemas sociais como consultora associada à Reos Partners. Bacharel e licenciada em Ciências Biológicas, PhD em Ecologia, também atuou no campo das políticas públicas de educação ambiental.

Max Nolan Shen:

Max Nolan Shen é um digital knowmad que aplica os princípios das leis sistêmicas, teoria U e redes de afeto para potencializar projetos colaborativos e estratégias de comunicação para as organizações. Foi palestrante de TEDx, do Fórum do Amanhã, do Festival Path, do Hacktown e do Fashion Revolution Brasil.Fundador da consultoria Dervish, da agência Humans, do movimento MaturityNow e das comunidades de aprendizagem ‘the tribe’. Realizou projetos para: Instituto Alana, Elos, Yunus Brasil, Natura, Nestlé, Ambev, Pepsico, Coty, Calvin Klein, Bradesco, Google, entre outros. Formado pela Poli, com pós em marketing pela FGV e ESPM/MiamiAdSchool.

Programas

O Programa Básico do Teatro da Presença Social é parte do caminho de formação nesta metodologia, sendo o primeiro passo para desenvolver as capacidades para utilizá-la em diferentes contextos. Em geral, o Programa Básico é dividido em Módulo 1 e Módulo 2, cada um com carga horária que pode variar entre 12 e 16 horas. O Programa Básico foi padronizado por Arawana Hayashi e é o mesmo oferecido ao redor do mundo. Os cursos são essencialmente vivenciais, onde os participantes podem praticar os exercícios que compõem o conjunto do Teatro da Presença Social, além de conhecer os conceitos que constituem a base do método e refletir sobre a prática. No Programa Básico os participantes engajam-se em práticas individuais e coletivas de atenção plena e consciência ampliada que tornam visíveis as relações entre o corpo individual e o corpo social coletivo. Utilizando técnicas não verbais, os participantes acessam novos ‘insights’, prototipam caminhos criativos para a transformação e desenvolvem habilidades para exercer uma liderança compassiva e efetiva nos sistemas e comunidades em que atuam. O Programa Básico habilita os participantes a seguirem a formação avançada no Teatro da Presença Social com Arawana Hayashi.

O Módulo 1 é um momento de contato inicial com o TPS, principalmente vivencial, para que essa metodologia seja primeiro sentida e entendida pelo corpo. São vivenciadas cinco das oito práticas que compõem o conjunto do Teatro da Presença Social. O participante pode esperar durante o módulo 1 vivenciar o método e experimentar seus efeitos em si mesmo, de dentro para fora.
O Módulo 2 inclui a vivência de algumas das práticas experimentadas no Módulo 1, além das três práticas que abordam prioritariamente sistemas sociais e suas questões complexas. O participante pode esperar durante o Módulo 2 vivenciar o método e vislumbrar sua utilização nos contextos em que atua.
http://mailchi.mp/74015268466d/teatro-da-presena-social-modulo-2

Eventos passados